Adeus gordura, adeus barriga

AVISO: Todos os comentários que estejam identificados como anónimos serão apagados

domingo, julho 30, 2006

Olá a todas.

Acabaram-se os exames. Ainda não sei as notas (talvez para a semana). Vim de férias a casa e tem sido muito bom. Tenho estado adoentada mas já está a passar.

Tive muito tempo para pensar e recapitular as razões da criação deste blog e decidi não continuar a escrever nele. Já não cumpre a função para o qual foi criado. Tenho andado bem melhor (mas não totalmente boa) mas sinto que já não preciso do blog para continuar. Devido a isso, venho aqui dizer que nunca mais vou escrever no blog. Vou deixar o blog activo, até que o Blogger o desactive, porque acho que pode vir a ajudar alguém que passe pela mesma situação.

Desejo-vos boa sorte para os vossos objectivos. Espero que consigam antigi-los da maneira correcta e mais saudável, sem lágrimas ou dissabores. Adoro-vos a todas e nunca irei-me de esquecer de vocês.

Eu sei que vou conseguir ultrapassar as minhas dificuldades, tenho pessoas que gostam de mim e têm-me ajudado.

Adeus...

sábado, julho 15, 2006

A minha vida está estagnada. Não tem acontecido nada que seja interessante.

Tenho passado os dias em casa a estudar, estudar e estudar. Já apanhei uma grande desilusão porque depois de uma semana inteirinha a estudar para um exame, a porcaria do exame correu-me mal.

Tive consulta de nutricionista na quinta e como podem ver em cima (na barra) emagreci 3kg e estou com 65kg. Fiquei muito contente, ainda mais porque não tenho perdido massa muscular.

As consultas de psicologia pararam por agora. Em Setembro volto de novo para "limar algumas arestas". Vai ser com outro psicólogo. Achei-o bastante competente, vamos lá ver se a minha impressão não é enganadora.

Vou deixar de postar aqui por uns tempos. Estou demasiado atarefada para poder dar aqui um saltinho. Tenho andado a estudar o tempo máximo que posso. Quero muito fazer as cadeiras que me faltam deste semestre. Quando entrar de férias (dia 25) passo por aqui para dar novidades.

Jinhux

sexta-feira, julho 07, 2006

Cá estou eu de novo.

A minha alimentação não tem sido má, mas também não tem sido muito boa. Tenho-me desleixado de fazer algumas refeições ou de fazê-las como deve ser. Até agora não tenho notado nenhuma alteração no meu peso. Andei uns dias que estava muito inchada mas era resultado da vinda do periodo.

Estou com imensa força de vontade para fazer tudo como deve ser este mês. Quero ver resultados e quero melhorar em relação à mia. Eu sei que miar não é bom, tenho muita consciência disso, caso contrário não tinha procurado ajuda profissional. Não é fácil parar de miar de um dia para o outro, não tenho nenhuma interruptor que desligue a maneira de pensar nessas alturas. Já percebi que é algo que vou ter de re-educar e não é só uma acção é toda uma maneira de pensar.

Estas semanas vou andar numa roda viva. Tenho imenso que estudar e tão pouco tempo. Não sei quando vou poder passar por aqui.

Jinhux.

terça-feira, julho 04, 2006

%&$#*

Os dias têm sido longos e dolorosos. Pensei que a minha ansiedade diminuisse com a minha vinda a casa... não sei até que ponto é que isso resultou, penso que quase nada. Não tenho vontade de sair mais daqui. Quero ficar, sentir-me protegida.

Sinto que estou descontrolada, de novo, na minha alimentação. A minha "fome" está quase no auge. Hoje fui à minha avó e ela deu chocolates para o meu irmão, acabei por chegar a casa do jantar com a minha mãe e comer 1 ovo de chocolate grande de uma só vez. Os remorsos foram demasiados (antes já tinha comido tiramissu) e fui miar. Aproveitei e miei o jantar (omolete c/ queijo, salada de alface e tomate, e arroz). Tenho medo que o ciclo volte ao que era antes. Sinto-me uma fraca por ter deixado o ciclo fechar-se.

O meu raciocinio está tão baralhado... Não estou a conseguir escrever bem. Sinto-me a 1000 à hora.

Vou só contar-vos um pouco da minha semana passada. Fui à psicóloga e senti-me até bem. Ela disse que é normal eu ter algumas recaidas. Eu não queria tê-las. Sinto-me terrivel cada vez que tenho uma recaida.

Vou estudar. Fazer algo útil.