Adeus gordura, adeus barriga

AVISO: Todos os comentários que estejam identificados como anónimos serão apagados

terça-feira, junho 27, 2006

Que fim-de-semana!!!!

A sexta feira estava quase no final e ia começar o fim-de-semana. Eu ia ter um sábado ocupado e que poderia fazer parar as compulsões... mas não foi o que aconteceu.

O sábado não foi assim tão mau. Aprendi bastante e abriu-me mais o interesse por um dia tirar o curso de treinador nível 1, 2, 3... Iria ser algo que gostaria de fazer (treinar uma equipa) um dia quando já não houvesse oportunidade de eu jogar. A alimentação não foi das melhores, comi muito pouco ao longo do dia e, talvez devido a isso, o meu domingo foi um enfarda e depois mia. Foi horrivel, eu chorava enquanto miava... saiu tudo... tudinho. Infelizmente não terminou por aí, ontem continuei a saltar refeições ou a não comer o suficiente e depois ao lanche fui comer 2 croissants c/ queijo. Parecia que o meu cerebro tinha desligado e que o meu corpo tinha tomado o controlo de todos os movimentos (se isso pudesse ser possivel). Não chorei (não vale a pena chorar sobre leite derramado)... hoje tentei compensar. Fiz um pequeno almoço correcto, ao almoço fiz um almoço com pés e cabeça (nada de saladinhas de alface e queijo fresco... 1 hora depois estou com fome) e lanchei correctamente (1 iogurte com all-bran e 2 horas depois, 4 bolachas integrais).

Todo este stress tem dado comigo em louca (ainda não percebi muito bem de onde vem e para onde vai... espero que para o espaço). Os meus sonos andam loucos (adormeço às 2/3 da manhã e acordo às 7/8/9). Ando cansada e com o corpo todo a doer. Tenho tido dores de cabeça horriveis que ontem impediram-me de aguentar a aula de step. Tive de vir para casa a seguir à aula de body pump porque já não aguentava mais com a dor, e nem conseguia quase abrir os olhos.

Eu não acho que existe algum stress por causa do dia da piscina, talvez um pouco, mas não acredito que as compulsões sejam devidas a isso. Penso que seja mais com o stress do estudo e exames... e finanças :s. Isto de ter de gerir a vida sozinha não é fácil!!

Em relação ao dia da piscina, já pensei assim, se não sentir-me segura de mim mesma para aparecer em frente às pessoas de bikini, pura e simplesmente não vou. Prefiro assim do que morrer de ansiedade por isso.

Em relação à vergonha que sinto em contar à minha psicóloga o que aconteceu, acho que é normal. Ninguém gosta de dizer ou admitir que fracassou. Eu não gosto! Tenho consciência que vou ter de falar, vamos ter de dissecar estes dias para compreender-mos o que levou a tal acontecimento... mas vai doer MUITO.

Espero que esta semana corra pelo melhor. Estou super entusiasmada de ir a casa este fim-de-semana. Estou com muitas saudades da minha familia, do meu cãozinho lindo, e além disso, quero mudar de ares.

Já não me lembro quem foi que deu a sugestão de eu andar a pé em Julho já que não vou ter mais ginásio nem treinos em Julho. A resposta a isso é: MAIS!!!??? Lol. Eu já ando bastante a pé. Como pessoa sem carro numa cidade em que os transportes publicos são simplesmente HORRIVEIS, uma pessoa pensa que é melhor andar a pé do que estar parada numa paragem de autocarro à espera de um autocarro que nunca sabemos a que horas chega porque estão sempre ou muito atrasados ou adiantados (não sei qual a definição de "horário" para aquelas pessoas). Só de ir ao ginásio ou ao treino, faço cerca de 6km a pé (ida e volta em passo rápido... influências de ser perto de lisboa). Por dia sou capaz de fazer cerca de 10km à vontade. Mas agradeço a sugestão na mesma.

Jinhux

2 Comments:

  • At 11:10 da tarde, junho 27, 2006, Blogger Luna said…

    Linda tem calma, todas nós temos fases assim menos boas com o tempo havemos de as conseguir controlar melhor. Sabes acho que o facto de andares a dormir mal, juntamente com os exames e a pressão do que deves ou não comer está a deixar-te nesse estado. Ao que acrescento as saudades de casa (onde te sentes mto bem) e o facto de passares o fim de semana longe deles e sozinha (o que te aborrece por um lado,e por outro faz-te sentir triste e sem o apoio dos que mais gostas)... Linda mas não te deixes ir abaixo, tem um pouquinho mais de paciencia,que logo logo estarás com quem gostas. Ainda mais vais passar o fim de semana com eles, e é nesses momentos que tens que te concentrar.. Tenta levar as coisas com calma, confia em ti. Tenta não stressares demais com os exames... sabes eu precebo bem esse teu medo de falhar (tanto ao nivel de admitires para a psicologa o que aconteceu, como ao nivel das notas nos exames...) eu tb chegava a passar mal qdo as coisas me corriam mal... enfim, mas n stresses demais, sabes acho q o facto de sermos tão prefeccionistas e de queremos sempre fazer tudo bem acaba por nos afectar e nos deixar mto ansiosas qdo pode acontecer tb o contrário...
    Olha sabes o que acho? acho que com o tempo tudo se resolve. Só o facto de quereres largar a mia e as compulsões já é um grande caminho. E, tenta n comeres pouco em dia nenhum, pq já viste q nunca é solução... acabamos por ficar com mais fome e dp é mto pior.
    Tenta conversar mto com a tua psicologa e ver quais os pontos que podes corrigir... linda, o caminho é longo, é natural haver recaídas... mas é ainda mais importante n desistirmos de nós e sabermos nos levantar. Força! tenho a certeza que consegues ultrapassar esta fase mais dificil.
    Beijocas

     
  • At 1:27 da tarde, maio 29, 2007, Anonymous Anónimo said…

    Para evitares a mia, como lhe chamas, aconselho-te a comer de hora a hora pequenas quantidades de comida. Tremoços têm muito poucas calorias e vão enganando a fome. Come uma colher de chá de mel, uma mão cheia de tremoços, uma bolacha integral de água e sal, e come uma refeição normal ao almoço e jantar. Um bom pequeno almoço é meio caminho andado para não te sentires com fome ao longo do dia.
    Para a ansiedade experimenta terapia de hipnose. Há uns cds de relaxamento muito bons, e terapeutas especializados. Envia-me um email para este mail: joaotrovador@portugalmail.pt que eu indico-te um terapeuta que esteja na tua zona de residência.
    Não deves esconder nada da tua psicóloga, ela é a pessoa que nunca te julgará e a que melhor te pode ajudar neste momento. Lembra-te que qualquer psicólogo já lidou com casos muito piores que o teu, ele não se vai surpreender ou julgar-te.
    Um beijo e boa sorte.

     

Enviar um comentário

<< Home