Adeus gordura, adeus barriga

AVISO: Todos os comentários que estejam identificados como anónimos serão apagados

quinta-feira, dezembro 29, 2005

Para quem já estava com medo que eu tivesse desaparecido, aqui estou eu. Passei muito mal a semana passada, depressão profunda, choros sem fim... Esta semana estou melhorzinha em algumas coisas. Em termos de alimentação estou descontrolada. Comi demais, não ando a privar-me de nada e já engordei 5kg... Estou com 70kg... em uma semana... podem imaginar como ando a sentir-me.

Estou prestes a ter um colapso... não ando a conseguir estudar, como o dia todo, não deixo o meu namorado tocar-me, não tenho coragem de falar com a minha mãe sobre o meu problema apesar no fundo apetecer-me berrar por ajuda.

Bem... não vou maçar-vos com queixas. A minha internet está atrofiada e por isso não tenho vindo. Para a semana já vou para Faro outra vez e volto a postar com mais frequência e com melhores noticias, espero.

Um beijo para todas e desejos de boas entradas no novo ano :D.

terça-feira, dezembro 20, 2005

Pois é, estes dias têm sido um inferno para mim. Tenho comido tudo o que me apetece: bolachas, pizza, croissant's c/ queijo, mais bolachas... só visto. Estou com o periodo e é mais uma razão para explicar (ou não) a minha fome voraz em relação a comida não saudável. Também não é um erro o peso que se encontra na barra... estou mesmo com 68kg e pelo aumento da minha fome devido à ansiedade que tenho neste momento, pode até vir a subir mais.

Apetece-me morrer, desaparecer da face da Terra para sempre, para ninguém ver-me assim gorda, obesa, uma baleia...

Hoje, pela primeira vez desde há muito tempo, magoei-me de propósito com o bico da lapizeira. Não senti dor, não senti prazer, não senti nada. À medida que o bico da lapizeira ia passando uma e outra vez pelo mesmo sitio, só apetecia-me passar mais, até sangrar, até toda a dor sair toda por alí... pela aquela ferida. Não sei muito bem o que me deu para voltar a magoar-me de propósito, acho que é frustração pela vida que tenho levado... pela inutilidade de pessoa que sou. Tenho-me um ódio tão grande que só mesmo a minha cobardia é que impede-me de pôr termo a tudo. Não tenho gosto em viver, não tenho vontade de acordar de manhã, nem de levantar-me da cama. Sou uma merda... um corpo sem alma que limita-se a existir (se é que se existe sem alma).

Estou a tornar-me uma pessoa fútil, falsa, mesquinha. Invejo toda a gente que seja mais magra que eu, mais bonita que eu, mais intelegente que eu... até aquelas pessoas que eu antes desprezava hoje em dia sinto inveja delas. Quero ser magra, quero ser bonita...

Neste momento seguro a caneca cheia de chá de senne e só espero que ele arrefeça para fazê-lo descer garganta abaixo. Amanhã já sei qual vai ser o ritual... vou passar a manhã toda a correr para o wc, mas a recompensa vai ser muita... a sensação de leveza, de limpeza... neste momento sinto-me suja, inchada, pesada...

Passei a semana passada toda cheia de vontade de ir para cima, mas agora nem me apetece ir. Não queira ver ninguem, queria ficar aqui quieta sem ninguem chatear-me. Não gosto da minha casa lá em cima, sinto-me sozinha lá. Fico o dia inteiro só eu e o meu cão, sem ninguém com quem falar.

A minha mãe anda com "pézinhos de lã" comigo, não sei que bicho lhe mordeu. Não gosto dela assim porque já sei que vem aí coisa... e não deve ser boa.

Amanhã se for para cima (sim, porque se acordar com vontade de não ir, não vou e pronto!), vou comprar a minha prenda de Natal com o meu pai. Vão ser uns tennis de basket porque os meus já estão a deteriorar-se. Como prenda pedi também um leitor mp3 da Sony com 1Gb. Não sei se ele vai-me dar, mas provavelmente sim. Finalmente vou poder estar o dia inteiro a ouvir musica sem depender do meu PC que está sempre a crachar.

Nem sei se depois deste post mais alguém vai querer ler o meu blog, mas já nem isso interessa-me mais. Não que vocês não sejam importantes para mim, nada disso, mas estou farta de estar a escolher palavras para não "chocar" ninguém. É nestes dias que sinto que o meu "eu" vem ao de cima. Uma pessoa insegura, derrotista, pessímista, fracassada, sem força de vontade...

Hoje tentei miar a porcaria das bolachas que tinha comido mas não consegui... que m&%$#!! Odeio quando isto acontece, ou melhor não acontece.

O treino correu mal. Falhei 1001 lançamentos, fiz uma porcaria de percentagem no jogo de sábado e hoje no treino também.

Estou a perder o interesse pelo meu namoro. Queira tanto que fosse a Anna, como uma menina disse aqui num coment, mas não é. É mesmo falta de vontade para viver, para poder TER alguém, poder viver POR alguém. Essa vontade já não existe... só quero ir antes de toda a gente para não sofrer. Chamem-me cobarde, eu sei que sou... mas já não sou feliz com nada, já nada me satisfaz...

domingo, dezembro 18, 2005

Porque é que sou assim tão fraca!?

Ontem à noite ainda tive outra compulsão. Comi as barras de cereais que tinha comprado para comer durante a semana antes dos treinos, fui buscar o resto das bolachas que tinham sobrado depois de as deitar no lixo (saco limpo, claro!), 6 conhchas de sopa de feijão verde, 2 laranjas, 3 fatias de abacaxi (tinham acabado os doces) e leite com cola cao fibras. Estou a sentir-me o pior dos seres à face da Terra. E hoje, para melhorar o dia (ironia), acordei com uma fome voraz (quase se podia dizer "de leão") saí de casa já pronta a comer o Mundo, e fui comprar: pãezinhos de leite, leite, queijo flamengo, queijo fresco e belgas de chocolate preto. De tudo isto comi: 3 pãezinhos de leite com queijo flamengo, 3 pãezinhos de leite com queijo fresco, 3 saquetas de bolachas Belgas (3x3bolachas) e 1 chávena de leite com cola cao fibras. Estou com uma vontade enorme de deitar tudo o resto para o lixo.

Estava decidida a fazer NF hoje e amanhã, para terça poder comer qualquer coisinha porque vou ter treino, mas o "tiro saiu pela culatra". QUE ÓDIO QUE ESTOU DE MIM!! Agora assim vou ficar o resto do dia sem comer nada, só a beber água. Amanhã e terça a mesma coisa. Estou com medo que as calças que comprei 38 já não me sirvam. Tenho de caber nelas... tenho mesmo!

Estiver a ver a fotos do jantar de Natal do basket e estou simplesmente OBESA. Estou mesmo feia nas fotos e notam-se aquelas gordurinhas de lado e a barriga...

Só me apetece chorar, mas nem as lágrimas parecem querer seguir as minhas vontades e teimam em não cair. Sou uma fraca, não tenho força de vontade nenhuma. Ando a iludir-me, a dizer-me que sou capaz, mas não sou capaz... se calhar nunca serei. Olho para a minha melhor amiga aqui em Faro e vejo-a a comer de tudo e a ser magrissima (não gostaria de ter o corpo dela, mas sim poder comer como ela e continuar magra, e ainda emagrecer).

Esta semana vou ficar de NF o máximo de dias que puder. Quarta devo ir jantar com o meu pai e quinta com o meu namorado, por isso vou ter de comer. Sabádo (vespera de Natal) e domingo (Natal) também :/. No dia 25 só vou estar permitida a comer 1 fatia de bolo rei (só para tirar a saudade), mais nada. Quero perder 3/4kg até ao final do mês. Será que consigo?

Vou planear muito bem o que vou comer (ou não) nestes dias de férias. Não posso sair do que irei planear... não posso. Quero sentir-me bem com o meu corpo e é uma coisa que já há muito que não sinto.

Espero, sinceramente, que o vosso fim-de-semana esteja a correr bem melhor que o meu, porque já viram, o meu está a ser uma m%&$#.

Jinhux

sábado, dezembro 17, 2005

Compulsão

Tive compulsão. Comi bolachas, gelatina, chocolates, leite com cola cao... bem... comi demais. Miei tudo... tudinho. Sinto-me limpa mas frustrada por ter deitado tudo a perder. Acho que já não recorria à Mia há mais de 2 semanas, mas hoje teve de ser, comi demais e tinha de pôr tudo para fora de mim.

A boa noticia é que as coisas parecem começar a dar melhor na minha vida. Finalmente parece que nem tudo corre mal e que as coisas estão a começar a resolver-se por si.

Hoje perdi o jogo :(, mas não fiquei muito triste. Perdi contra as minhas melhores amigas, mas só pelo simples facto de ter estado uns escassos 5 minutos com elas já parece que ganhei o dia. Até a compulsão que acabei de ter não parece tão ruim. Não compreendo porque tive a compulsão... cansaço talvez, e como nunca fui boa a compreender o porquê da minha fome, provavelmente interpetei mal o sentimento na altura. Mas já passou e agora é seguir para a frente. Amanhã logo como menos e só coisas saudáveis.

Jinhux

p.s. - Deixo aqui uma inspiraçãozinha... eu bem preciso ;)... [Olhem bem para esta barriguinha... que inveja]

Keira Knightley

sexta-feira, dezembro 16, 2005

Nem consigo acreditar!! Deve ser mesmo desta.

O controlo sob a comida tem sido até muito bom. Sei que ando a comer bem mais do que andava no Verão, mas estou a recuperar o controlo pouco a pouco.

Vou colocar aqui o que comi nestes ultimos 3 dias.

14 de Dez. 2005:

P.A. - 120g de abacaxi + 1 maçã pequena (100g)

A. - 3 conchas de sopa de nabiças + 1 ovinho de galinha da Índia

J. - 60g de abacaxi + 3 conchas de sopa de feijão verde + 1 iogurte Bio-activia natural c/ 20g de All-bran fibra

C. - 1 caneca de leite c/ cola cao fibras (1 c. chá)

15 de Dez. 2005:

P.A. - 1/2 copo de leite c/ cevada, café e adoçante (1 c. chá)

A. - 3 conchas de sopa de feijão verde + 1 fatia de abacaxi + 1 ovinho de galinha da Índia

L. - 1 iogurte Bio-activia natural c/ 20g de All-bran fibra

J. - 100g de mistura de legumes à mexicana + 1 ovinho de galinha da Índia [Treino a seguir]

C. - 1 copo de leite c/ cola cao fibras (1,5 c. café)

16 Dez. 2005 (Hoje):

P.A. - 1 copo de leite c/ cevada, café e adoçante (1 c. chá)

A. - 3 conchas de sopa de feijão verde + 150g de gelatina de maça verde

L. - 1 iogurte Bio-activia natural c/ 20g de All-bran fibra

J. - 1 fatia de abacaxi + 1 ovinho de galinha da Índia [Treino a seguir]

C. - 1 copo de leite c/ cola cao fibras (1,5 c. café) [Ainda vou beber depois do treino]

E pronto, é assim que tem sido a minha alimentação. Espero continuar a comer mais ou menos assim, porque diminuir as quantidades muito mais não sei se vou ser capaz, pelo menos por agora não me sinto preparada. Como podem ver ando a cortar totalmente nos HC (sem contar com os All-bran fibra).

Pesei-me ontem e continuo nos 66kg mas parece que a balança quer subir para os 67kg :(. Não sei porquê se nas minhas roupas começo a notar já alguma folga. A minha barriga também já parece menos inchada e já começa a ficar mais lisinha. Será que isto tudo tem a ver com a quantidade de musculo que estou a ganhar? Eu sinto que estou com muito mais massa muscular do que no Verão e do que quando tinha 62kg (Setembro), mas acho que ficaria tão feliz que a balança desse-me, nem que fosse só, menos um kilinho :(.

Queria muito fazer um NF na próxima semana, mas estou com medo de estragar tudo e que depois do NF venha a compulsão... de novo. Ainda vou ponderar isto, ou fazer 2468.

Um óptimo final de semana para todas. Eu vou andar a bater com a cabeça na parede (trabalhos da faculdade) e vou ter jogo amanhã contra as minhas melhores amigas :D. Desejem-me boa sorte :D.

quarta-feira, dezembro 14, 2005

Será que é desta?

Não tenho tido muita coragem de vir postar, nem muita vontade. A roupa parece que não deixa de estar apertada e já começo a ter vergonha de sair de casa. Tenho andado a comer muito, mas pelo menos já deixei de comer pão e bolachas. Estou a começar a controlar-me (só espero que dure) e quem sabe depois do Natal até dê para fazer a dieta 2468 que retirei do blog da "hate paper doll" (aliás, está muito bem organizada).

Quero muito emagrecer, quero muito sentir os meus ossinhos das ancas (apenas os vislumbrei durante muuuito pouco tempo :()... quero voltar a sentir-me segura de mim mesma, sem vergonha de sair à rua.

A faculdade não vai lá muito bem. O teste de segunda foi uma desgraça... afinal, sempre deixei tudo para fazer em Janeiro - época normal de exames. Nem férias de Natal vou ter de jeito. Estou carregada de trabalhos para entregar depois das férias e exames ao longo do mês de Janeiro todo (isto se não deixar nenhum para Fevereiro - época de recurso). Parece que nunca mais acaba... que horror. Só pedia uns 4 diazinhos para descansar... só isso.

Tenho andado com a cabeça em água. Mil ideias e preocupações. Sinto-me esgotada psicológicamente, estou à espera do ponto de ruptura (espero que não aconteça).

Vou aproveitar o meu pouco tempo de férias para passar o máximo de tempo possivel com o meu namorado. Ando super confusa em relação ao que sinto por ele. Tenho medo de andar com ele pelo meu medo terrivel de ficar sozinha na vida. Estive a pensar, e achei que seria melhor terminar... mas ao mesmo tempo sei que seria doloroso para mim e principalmente para ele. Nem sei como ele pode gostar tanto de mim... com a quantidade de defeitos que tenho. Mas no fundo adoro-o tanto... sinto falta dele, dos carinhos deles... mas será que isto é gostar dele!? Será que não é apenas por eu estar carente de mimos? É isso que anda a encher-me a cabeça estes dias (além de outras coisas). Quando o vir de novo acho que vou ter a certeza dos meus sentimento, não é :/?

Como já devem ter reparado não estou muito inspirada para postar, só passei para deixar noticias (gostava que fossem melhores).

Quero agradecer a todas que comentaram. Obrigado pela força... a sério!!

Jinhux

sábado, dezembro 10, 2005

Que inspiração, não é?

Para quê continuar a viver!!??

Gostava de hoje ter boas noticias para contar. Chegar aqui e postar que "emagreci X kg", mas não... não emagreci nada, além disso ainda engordei... sim estou nos 66kg. Sinto a minha vida a descontrolar-se... em tudo não só na comida, TUDO MESMO.

Tenho comido doces todos os dias, e não me contento só com pouco... como logo a embalagem inteira. Tenho andado a sentir-me uma merda, não consigo parar, não consigo ficar por comer pouco, não consigo fazer NF... não consigo fazer nada. A faculdade está uma merda... não vou conseguir fazer nada por frequência (espero que pelo menos o teste de segunda consiga... mas até isso já duvido). O basket está uma merda... a minha vida está uma MERDA.

Preciso de algo que me acorde deste pesadelo em que me encontro, mas não há nada que faça isso. Tenho pensado muito em morrer... eu sei que é a solução mais fácil e por isso a dos cobardes, mas não consigo mais viver neste mundo, não o entendo, sinto que não pertenço aqui. Quero adormecer e nunca mais acordar, não quero mais viver esta vida... quase que não tenho razões para isso.

Não consigo atingir um dos meus maiores objectivos (ser magra, magrissima) e isso está a destruir todos os meus outros sonhos, pois como já disse aqui, o meu peso influência tudo o que faço.. está intrissicamente ligado ao meu estado de espirito e auto-confiança.

O que será que acontecia se eu ficasse esta semana sem comer nada? Quando digo "nada" refiro-me mesmo a NADA. Quero voltar a sentir a barriga "colada às costas", sentir-me limpa, sentir os meus ossos das ancas a começarem a aparecer... QUERO SER MAGRA, SENTIR-ME MAGRA. Não me interessa mais nada. A comida não me dá prazer, já nada me dá prazer... O vazio na minha barriga tem de voltar a dar-me prazer, força para continuar. Quero toda a gente a dizer-me que estou mais magra, já há muito que não me dizem isso.

Quero andar sorridente, quero sentir-me uma pluma, quero voltar a ter confiança em mim para fazer tudo, TUDO MESMO.

Tenho vontade de gritar, de berrar, de partir tudo o que se encontra no meu quarto, de bater-me a mim própria por ter chegado a este ponto. Estou obesa, mais que gorda... sinto nojo de mim mesma assim como de todas as pessoas gordas e obesas que vejo na rua, no autocarro, nos supermercados junto às prateleiras das bolachas e chocolates. Quero cortar, arrancar estas gorduras do meu corpo. Apetecia-me trancar-me no meu quarto por 1 mês, sem comida, sem nada que pudesse encher o meu estômago.

Nem sabem a raiva com que estou de mim mesma. Sinto vergonha, repulsa por mim mesma... sou tao fraca, não tenho força de vontade nenhuma. QUE ÓDIO!! Nem sempre sou assim, mas ultimamente tenho sido uma inútil... nem sei como é que ainda há pessoas que suportam dar-se comigo, estar comigo e, por incrivel que pareça, ainda gostarem de mim. Como é possivel!!?? Não passo de uma merda de pessoas, com um feitio de merda que magoa tudo e todos, que explode e atinge tda a gente sem uma amostra de culpa, e que o orgulho estúpido impede de poder dizer a palavra "desculpa". É assim que afasto as pessoas de mim, que impeço que se aproximem. Odeio-me, quero morrer e desaparecer, não deixar sinais de existência, nem saudades, nem lágrimas para trás.

domingo, dezembro 04, 2005

Que perdição!!!

Aiiiiiii o de ontem!! Ou melhor, que noite a de ontem!! RSRSRSRS.

Perdição completa... Não! Não! Em relação à comida até que nem foi mau, nada mau até... pelo que depois à noite viu-se bem resultados disso. Passo a explicar, ontem houve o tal jantar de Natal do basket. Foi demais o jantar, muita maluqueira à mistura... e bebida, pois está claro! Aqui a boa da Arwen apanhou uma que nem sabia para onde se virar mas, já lá chegamos.

Então foi assim, ontem houve o tal jantar e andei a controlar-me durante o dia (em relação à comida) pois não sabia o que tinham reservado de comida para mim.

P.A. - 1 copo de leite magro fibras c/ café e adoçante (1c. chá rasa) + 1 bola de mistura torrada

A. - 2 colheres de sopa de tomate (200ml) + 1 omolete (1 ovo, 2 gemas) de tomate (1) e cebola (1/2 pequena) [1caps Anti-fat]

L. - 1 maçã golden (100g) + 1 iogurte Saciamais de maça

À noite no jantar, provei um pouco dos pickles de cenoura e o jantar foi: 1 hamburguer pequeno de legumes, 1 rissol de tofu e legumes, 1 croquete de legumes (tudo frito, bhhaaa), arroz integral e batatinhas daquelas redondas (que foram usadas como arremesso na guerra que iniciou-se a meio do jantar, rsrsrsrs). Foi bastante calórico, não foi?? Então agora adicionem sangria à festa... perdição completa. Então o jantar, como já disse, foi hilariante e bastante divertido, acabou comigo sem saber onde era o norte, a ir para casa sozinha aos S's, miar tudo (até o lanche) mal cheguei a casa, a chamar pela minha colega de casa (que por acaso foi 5*) e a deitar-me, dormir e acordar no dia a seguir sem saber que caminho é que fiz até casa, sem saber em que altura do caminho telefonei ao meu namorado, se tinha perdido o casaco ou não, se tinha ou não a prenda que me tinha saido na rifa. Só boas coisas como podem ver. O meu pensamento de ontem à noite foi que ia mesmo morrer (exagero, mas foi mesmo o que senti por uns escassos minutos). Via tudo à roda, só me apetecia dormir ao lado da sanita (acho que ainda o fiz por uns minutos) e queria miar tudo, mas já não saia nada.

Que mau aspecto estará a soar isto a quem estará a ler!!

Hoje já comi:

P.A. - 3 bolinhas torradas (sim... pois 3 :s), duas com doce e uma com queijo freco magro para barrar + chá de cidreira

A. - 2 bolachas integrais, 1 pacotinho de 4 bolachas cracker integrais + 2 conchas de sopa de agriões

Não sei se vou comer mais alguma coisa visto estar muito mal disposta. Estou cheia de remorsos de não andar a estudar tanto quanto deveria estar a estudar.

Espero que o vosso fim de semana esteja a ser bom. Um beijo para cada uma de vocês.

sexta-feira, dezembro 02, 2005

O recomeço...

Ontem o dia não piorou mais (ao menos isso). Não consegui fazer NF mas paciência, para a semana talvez consiga.

Tal como disse ontem, estou a começar de novo. Estou a tentar recuperar o controle sobre a minha alimentação. Hoje ainda não foi um dia de balanço positivo, mas também tenho de ir aos poucos. O "recomeçar de novo" indica que vou novamente chatear-vos com o meu diário alimentar... sorry :S. Mas isso ajuda-me bastante a ter consciência do que comi ao longo do dia. Hoje comi bem mais do que há uns tempos comeria, mas bem menos do que ando a comer. Para mim hoje já foi uma vitória (vejam lá como isto estava critico, rsrsrs).

Então aqui vai o meu diário alimentar:

P.A./A. - 1 bola de mistura c/ doce de morango light (2 colheres de café) + 1 copo de leite magro fibras c/ 1 colher chá de Cola-cao fibras (bem menos calórico do que o light... até dá vontade de rir).

M.T. (Meio da Tarde) - 1 maçã golden (100g) + 1 bolachas integrais

A.T. (Antes do Treino)1 iogurte corpos Danone 0% Saciamais de maçã (78,75kcal - yaya é calórico para magro mas é muuuuuita bom)

D.T. (Depois do Treino) - 1 maçã golden (100g) + 1 bola de mistura c/ queijo fresco para barrar light (barrei nas duas metades da bolinha :/) + 1 copo de leite magro fibras c/ café e adoçante (1 colher de chá mal cheia)

Não sei se já tinha dito, mas ando a tomar 2 capsulas (2x500mg) de L-carnitina 1H antes do treino. Não sei se é psicológico ou não (o que acho pouco provável porque muitas das vezes esqueço que tomei) mas sinto já alguns efeitos. Apesar de não andar a fazer treino de força (musculação) os meus musculos dos braços e das pernas estão iguais como se eu tivesse continuado a fazer. Não pensem que estão exagerados, nada disso, estou só definida nestas duas zonas do meu corpo. Infelizmente a maldita barriga continua flácida (sem abdominais visiveis) e com gordurinhas (para não dizer gorduronas) vísiveis.

Comecei hoje também a tomar as capsulas "anti-fat". No verão deram resultado vamos ver se agora também fazem.

Agora vou falar um pouco do treino de hoje, eu sei que não vos interessa muito mas preciso muito de contar. ARRASEI, eheheheh. Fogo, fiz com cada lançamento e rotação de corpo que a minha colega de equipa já se perguntava se era ela que já não sabia defender. FOOOOOGGGGGGGOOOOOOO!! Que cena... passei-me. Estava mesmo a adorar o treino de hoje. O meu treinador até delirou. Sabem quando estão naqueles dias em que fazem tudo certo? Hoje foi um dia desses. Fiz coisas que dignas de WNBA (que exagero!!! ;)). No final do treino o R (treinador) veio-me perguntar porque é que eu no jogo não fazia aquilo, eu respondi que ficava nervosa nos jogos. É mesmo verdade. Nos jogos parece que desaprendo de jogar... a minha falta de confiança deixa-me assim. Só faço porcaria (para não dizer coisa pior) nos jogos. Não sou nada aquilo que sou nos treinos.

Para a semana temos 2 dias de treino e 2 jogos. Vai ser a doer. Vou tentar ter mais confiança em mim... preciso de ter. A falta de confiança e o medo que tenho de viver (simmmm, tenho montes de medo de viver... que as coisas corram mal e tal) andam a atrapalhar-me a vida. Por exemplo, ontem estive a um "niquinho" de nada de acabar o namoro com o meu namorado por medo de o desiludir e de o fazer sofrer... de eu sofrer. Acho que já magoei e fui magoada tantas vezes pelas pessoas que mais gostava que hoje em dia o meu instinto de protecção é afastar toda a gente que gosta de mim. Parvoíce!!?? Talvez... foi a maneira que arranjei de não me desiludir.

UFA!! Hoje escrevi demais... já ninguem deve estar a ler isto. Mas precisava mesmo de "dizer" isto tudo. Estava com a cabeça cheia de "macaquinhos".

Um beijão enorme para todas... e um muito especial para a Babi (amiga volta a postar... com certeza que muitas de nós estamos com saudades tuas... eu estou :D)

quinta-feira, dezembro 01, 2005

Estou com uma preguiça terrivel. Não me apetece estudar porque fico gelada se estiver um minuto parada. Não sinto os dedos, os pés, nem sequer as minhas costas de tão gelada que estão.

Em relação à comida ando a portar-me mesmo mal. Hoje era para ser NF mas depois de dormir um bocado à tarde deu-me uma vontade de comer e comi um bocado de carne de soja e ataquei um bocado de um chocolate que ali tinha. Felizmente não era grande, mas já deu pra estar cheia de remorsos.

Ainda não tive tempo de ir às comprinhas para este mês, mas vou abolir as coisas gordurentas, doces e afins da minha despensa e frigorifico. Estou farta de não conseguir controlar-me. Queria aguentar este mês sem miar, mas se continuar a ter compulsões não posso deixar de recorrer a ela. Para isso tenho de ser forte e conseguir.

Às vezes fico cansada. Já experimentei quase todas as técnicas para enganar a fome, mas parece que comigo nada resulta. O meu corpo consegue gritar mais alto que a minha mente. Quando vejo, já estou a comer horrores de comida.

Não gosto de dizer isto, até porque parece desespero, mas penso muitas vezes que adorava ter Anna. Mas depois havia o reverso da moeda, provavelmente seria magrissima demais, com ar um pouco doente e seria de tal modo paranóica com a comida que a minha familia ia desconfiar na hora.

Estou farta de me sentir gorda... olho-me ao espelho e só venho banha, banha, banha. Que ódio que tenho de mim mesma. Porque é que não consigo ser controlada como era no Verão. Quando me lembro daqueles dias em que eu comia 600kcal e ficava paranoica. Agora olho para mim e quando como "apenas" 1000kcal já acho uma vitória. Só me apetece bater a mim mesma (na cabeça para ver se ela fica a funcionar melhor) cada vez que sou uma fraca e não resisto à comida.

Ando de dia para dia a tentar adiar as coisas, e escondo-me atrás disso para comer "só um bocadinho mais". Tenho de para com esta mentalidade de merda (desculpem-me a expressão) que não me leva a lado nenhum.

Nem era para vir postar hoje... mas deu-me raiva do que fiz hoje e apeteceu-me vir desabafar, pôr no ecrãn como me sinto. Deixei de escrever no meu diáriozinho de papel... fartei-me. Era nele que contava também as calorias e hoje em dia já nem para isso ele servia. Vou comprar outro e recomeçar de novo.